Salários na República Checa

Frequentemente me perguntam sobre os ordenados médios na Republica Checa, como ainda não estou cá há tempo suficiente para conhecer o mercado de trabalho sem ser da área em que trabalho, e é algo que muito raramente alguém comenta, nunca sei o que responder.

Hoje cruzei com o guia que se segue, pode ser bastanta útil para terem uma ideia dos salários praticados no país.

Guia de salários na República Checa – 2012

Atenção que os valores são sempre por ano e é o salário bruto.

Para calcular o ordenado líquido, podem consular a seguinte página (em checo, mas podem traduzir usando o Google Chrome):

http://www.finance.cz/dane-a-mzda/kalkulacky-a-aplikace/mzdovy-kalkulator/

Notas importantes:

  • A oferta de trabalho para não dominantes de Inglês  ou Checo é quase inexistente. Se não dominas nenhuma das duas línguas, é excusado procurar trabalho por aqui!
  • Há oferta de trabalho para estrangeiros, mas apenas para pessoal qualificado/especializado/experiente.
  • Os ordenados são mais baixos que nas principais capitais da Europa, mas o custo de vida também é mais baixo.
Posted in Emigrar, Trabalho na República Checa | Tagged , | 4 Comments

1 ano a trabalhar na Monster Technologies

Fez hoje um ano desde que comecei a trabalhar na Monster.

Embora tenha pedido a demissão e este seja o meu último mês de trabalho, estou a dar o meu melhor para terminar as tarefas a tempo e deixar o mínimo trabalho possível para os meus colegas. Sei que isso poderá implicar trabalho fora de horas e estou disposto a fazê-lo sem que me seja pedido, afinal também sei que andei distraído uns bons dias com a proposta do novo emprego e com a casa nova.

Os primeiros meses de trabalho foram estranhos, demorei a integrar-me socialmente. Depois entraram colegas novos que passaram a ser meus amigos, quase de imediato, com tempo acabei por me integrar em vários grupos, hoje tenho excelentes relações com grande parte dos colegas de trabalho.

Também tive imensas dificuldades em aprender as diferentes tecnologias, métodos de trabalho, todo o sistema, levou vários meses para me tornar independente.

Agora que me estava a sentir realmente “em casa”, confortável por me dar bem com todos e saber como tudo funciona, aproxima-se a hora do adeus.

Resumindo: foi um ano de glória!

Posted in Diário | Tagged | 4 Comments

Enviei o Email de rescição de contrato de trabalho

Pela manhã o meu manager pediu para falar comigo, informou-me que a empresa estava disposta a promover-me para Sénior e pagar um ordenado superior. O valor ainda assim não chegava ao valor proposto pela nova empresa.
Compreendo que neste momento não possam pagar mais, mas também não se trata apenas da diferença de ordenado, o desafio proposto para o novo emprego parece-me bastante aliciante.
Tomei então a decisão, enviei o Email de rescição de contrato de trabalho, como o fiz antes do final do mês, o periodo de notificação começa a contar no dia 1 do próximo mês, tendo que dar dois meses à casa, termino a prestação de serviços no final de Maio.
Entrei em contacto com os RH do futuro empregador, esclareci as minhas dúvidas em relação aos benefícios e clausulas do contrato, ficou acordado iniciar a prestação de serviços em Junho. Tudo a postos, estou altamente ansioso por começar.

No final do dia tive um jantar, com colegas de trabalho, para comemorar o lançamento de um projecto, pago pela empresa. Lá aproveitei a oportunidade para informar os colegas presentes. O manager de outra equipa que lá estava, com quem trabalhei em 3 projectos ficou bastante triste também, disse que se dependesse dele não me deixavam saír, promovia-me a Principal Software Engineer, que julga ser o estatuto que mereço e cobria a oferta de trabalho. Todos os outros colegas me deram os parabéns e ficaram também tristes.

Posted in Diário | Tagged | Leave a comment

Informei o meu chefe sobre a oferta de trabalho que me foi feita

Pedi para falar com ele numa sala de reuniões, para não o fazer em publico. Fui bastante directo e honesto, disse que embora seja um prazer colaborar com eles, foi-me feita uma oferta de trabalho bastante aliciante e pretendia aceitar a oferta.
Ele ficou triste, mas compreendeu, disse que também tem muito gosto em trabalhar comigo, gostaria que por lá ficasse muitos mais anos, e, pediu-me para não dar a resposta à outra empresa antes de ele ver se os recursos humanos conseguem cobrir a proposta.
Custou-me bastante, tive umas horas a ganhar coragem para falar com ele, afinal suportou-me bastante na adaptação inicial, tanto no trabalho como nas dificuldades pessoais ligadas à minha imigração. Ainda mais agora, um mês depois de me ter avaliado como a melhor performance da equipa, do ano, e terem-me dado o maior prémio (percentualmente).
Mas a vida tem que andar para a frente.

Posted in Diário | Tagged | Leave a comment

O país onde se consome mais cerveja per capita, de todo o mundo

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_beer_consumption_per_capita

Embora a qualidade das estatísticas levante algumas dúvidas, eu não duvido nada que esta seja a terra onde se bebe mais cerveja, de todo o mundo.

Aqui bebe-se cerveja ao almoço e depois do trabalho. Qualquer motivo serve para se combinar beber umas cervejas. O preço também ajuda muito, a cerveja é mais barata que a água nos restaurantes, nos bares (mesmo no centro de Praga, em alguns sítios) encontra-se por cerca de 1euro um copo de meio litro.

Posted in Diário | Leave a comment

Dois belos filmes de Praga

Prague: Canon 1DMKIV from Philip Bloom on Vimeo.

Night in Prague from Metron on Vimeo.

Retratam na perfeição a cidade.

Estou tentado a fazer um filme assim.

Posted in Emigrar, Férias | Tagged | 3 Comments

O custo de vida em Praga, comparado com Lisboa

Hoje um amigo meu, que teve a primeira entrevista por uma empresa com sede em Praga, procurava saber detalhes sobre o custo de vida cá, tendo como referência o custo de vida em Lisboa.

Depois de alguma pesquisa, enviou-me este link que, embora os valores sejam baseados em médias e poucos utilizadores tenham participado, parece-me útil e reflecte bem a realidade (na primeira página):
http://www.numbeo.com/cost-of-living/compare_cities.jsp?country1=Portugal&country2=Czech+Republic&city1=Lisbon&city2=Prague

Resumindo, o custo aluguer ou compra de apartamento neste momento é superior a Lisboa, tudo o resto é mais barato. Segundo o meu vizinho, que é proprietário e arrendatário de vários apartamentos no centro da cidade: Praga tem vindo a caír como destino de turismo e emigração, como tal, começa a haver mais oferta que procura de apartamentos e, consequentemente, os preços tendem a baixar.

Atenção que as outras páginas tem muito poucas participações (2 ou 3), que não serve de base para qualquer estatística.

Posted in Emigrar | 17 Comments

Seis meses de Praga

Há 6 meses atrás chegava eu a Praga.

Os últimos 3 meses foram bastante diferentes: estou muito mais confortável no trabalho, já estou muito mais integrado, tenho mais amigos, alcancei alguma estabilidade, o panorama mudou.

Agora tenho uma visão mais clara da realidade: já não vejo os checos como seres tão frios  nem tão competentes, por vezes sinto falta de algumas coisas boas que Portugal tem e que ainda não encontrei por cá, mas no final o saldo continua bastante positivo.

Tenho sentido falta dos bons pratos portugueses, principalmente dos de peixe.

Também, recentemente, dei falta de bons clubes alternativos como os que há em lisboa para ouvir  actuações ao vivo de música não comercial (Rythm&Blues, Blues, Jazz, Soul). Sei que há alguns, mas muito orientados para turistas. Já agora deixo aqui referência a dois que vou experimentar brevemente:
JazzDock – http://www.jazzdock.cz/
U Malého Glena – http://malyglen.cz/en

Continuo a adorar viver no centro da cidade, a 10 minutos a pé do trabalho e a 10 minutos dos bares que frequento, assim como o trabalho e toda a rotina diária é incomparávelmente mais tranquila que a de Lisboa.

Em breve irei alugar a minha casa em Portugal, por muitas saudades que sinta, não planeio regressar, sem sem em férias, nos próximos 10 anos.

Posted in Diário, Emigrar | Tagged , | 2 Comments

Fez hoje 3 meses que comecei a trabalhar em Praga

Dia 2 de Maio foi o meu primeiro dia de trabalho no monster.

Ansiei bastante pelo dia de hoje, é que durante os primeiros 3 meses de trabalho podia ser dispensado, sem justa causa, de um dia para o outro, estive à experiência, da mesma forma tinha direito de rescindir o contrato sem aviso prévio.

Terminado o periodo de estágio, segundo a lei laboral em vigor na Republica Checa, se alguma das partes intencionar denunciar o contrato, terá que avisar a outra parte com 2 meses de antecedência e a contagem começa no primeiro dia do mês que precede a data da recepção da carta registada. Ou seja, se eu pedisse a demissão hoje (2 de Agosto), só poderia abandonar o trabalho no final de Outubro.

Além da segurança que ganhei, também passo a ter os seguintes benefícios, dados pela empresa:
- seguro de saúde privado;
- 50% de desconto na mensalidade do ginásio (que custa o valor irrisório de cerca de 25€ por mês, preço médio dos ginásios em Praga);
- contribuição de 3% do valor bruto do ordenado mensal para um plano poupança reforma;
- bonus sobre pessoas referidas por mim que sejam contratadas.

Posted in Diário | Tagged | 16 Comments

Monster summer party

Ontem tivemos a festa de verão, no Havana Club. Era obrigatório vestirmos roupa preta ou branca, ou preta e branca. Cada trabalhador podia levar 1 acompanhante.

A festa começou às 7:30pm, haviam alguns petiscos e bar aberto. Cheguei por volta das 8:20pm, ainda só tinham chegado um terço das pessoas.

Fui sozinho, acabei por me sentar ao lado de um colega e da mulher, ambos da Polónia. A conversa foi interessante, falamos de como foi quando chegamos à Republica Checa, das diferenças culturais, de Cracóvia e de Praga. Pouco depois o grupo começou a crescer, mais colegas se juntaram a nós, começou a animar.

Por volta das 10pm o club estava cheio, tudo álcoolicamente bem disposto, a música começou a puxar para a dança e o ambiente mudou completamente.

Nomearam os 5 melhores vestidos e todos receberam prémios. Havia um muito cómico, vestido com uma camisa tipo toureiro.

Como o meu chefe tinha dito, foi uma boa oportunidade para conhecer pessoas da empresa. É impressionante como dos cerca de 200 presentes só conhecia a cara de uns 10, como o escritório tem 4 pisos, acabo por nunca me cruzar com grande parte das pessoas.

Não levei a minha máquina por achar que não estaria à vontade para fotografar o pessoal, que ainda não tenho muita confiança. Acabei pedir a máquina fotográfia emprestada a um colega que conheci e tirei fotos com toda a gente que lá estava. Foi o deboche.

Posted in Diário | Tagged , , | Leave a comment